:: Celtic Blood - Historia e Cultura Celta ::

Celta - Significa "Povo do Segredo" e vem do grego "Keltoi". Hail to Boudicca!
:: Welcome to CelticBlood :: Blog do Cato :: E-mail me :: ICQ 2927924 ::
[::..Arquivo..::]
[::..Recomendados..::]
:: Blog da Annix ::
:: Meu album de fotos ::
:: Catacumbas de Paris ::
:: Muro de Berlim ::
:: Inicio das Cruzadas::
:: SUFI - Dervixes Rodopiantes::
:: Historia Celta - Os Guerreiros Fianna::
:: Historia Celta - O guerreiro celta encontra o Santo Irlandes::
[::..Aviso!..::]
:: Visitem minha nova pagina sobre os Guerreiros celtas Fianna.::
[::..Aviso 2..::]
:: Visitem minha nova pagina sobre o encontro entre Oisin e Sao Patricio.::

:: terça-feira, dezembro 24, 2002 ::

Mensagem para Wiccans: Não se iludam, a religião celta não era só sobre cervos correndo felizes, fadas bondosas e árvores sagradas. Os Sabaths eram bem diferentes que os escritos em livros de hoje.
:: Cato 4:16 PM [+] ::
...
Feliz Natal para todos!

Estamos celebrando o Natal, época do nascimento de Cristo, filho de Deus e mentor máximo de toda a cristandade. Compartilharemos e agradeceremos ao Senhor. Festas e cânticos serão ouvidos em residências. Famílias se reunirão e, quase que independente de sua fé, elevarão as vozes louvando a união e a felicidade.

Muitos deuses de antigas culturas - Odin, Ra, Cronos, Lug e Mirthra - têm os nascimentos calculados nessa mesma época que atualmente é chamada de Natal.
Para os celtas, esse é o tempo de YULE, época do nascimento de Lug e prenúncio da estação da luz e do calor. Comemoração, no velho mundo, da noite mais longa do ano e da chegada da luz do sol. Yule, na linguagem celta/nórdica, significa roda, o que representa morte e renascimento, início e fim, o velho e o novo se encontrando e, respeitosamente, trocando seus caminhos. Tudo o que foi deve ser reverenciado e o que será, desejado. Morremos e nascemos, deixamos para trás nossas cascas, como abandonamos roupas muito usadas. Nascemos com esperança em nossas colheitas, sabendo que a plantação será trabalhosa.

Festejem e celebrem!

Há muitos rituais natalinos que a maioria das pessoas não imagina que tenham suas origens no paganismo. (Até algum tempo atrás eu poderia ser queimado por expor essas idéias).
A troca de presentes já era efetuada em Roma, muito antes do cristianismo, na época do festival de Saturno.
O nome anglo saxão/inglês dessa festa é Christmas é, de acordo com alguns estudiosos da cultura ocidental, uma variação do nome Mirthra, deusa da Roma imperial.

Ok, até aqui não vemos muitos problemas não é?

O uso de bolas coloridas ou guizos (jingle bells) é um costume milenar nórdico, o som e as cores servem para espantar maus espíritos. A cor vermelha representa sangue de inimigos sacrificados na véspera da celebração. O sangue servia para proibir e assustar os espíritos de inimigos.
As vinhas, flores e ramos de erva mistletoe vem da tradição celta. Representam o desejo de paz, beleza e amor. Os espinhos contidos nas vinhas apresentam a necessidade de atenção, mais profundamente a possibilidade de guerra e a necessidade de manter-se constantemente preparado.
Em muitas partes do mundo ainda existe o costume de adornar as pessoas com ramos de flores e/ou ervas aromáticas. Em tempos já esquecidos, os druidas abençoavam plantas especiais, as seguidoras da Deusa colhiam flores e teciam delicados colares unindo os dois itens. Parte desses adornos era usado por prisioneiros que eram queimados até a morte dentro de imensas construções de vime ou madeira em forma humana, o chamado “Homem de palha”.
A árvore de Natal como vemos hoje também é uma variação da cultura celta. Os Druidas, entre outras árvores tinham o pinheiro como sagrado. Acreditavam que essas eram eternas e portadoras de sabedoria divina, suas folhas, quando queimadas, ajudavam a espantar monstros noturnos. Era comum a morte de escolhidos por enforcamento em pinheiros, diante de seus cadáveres o povo expressava seus desejos para o novo tempo que surgia. Esses escolhidos tinham a honra de morrer para que outros vivessem bem. Atualmente, esses sacrifícios são representadas por adornos humanóides em árvores de Natal. Assim como os católicos celebram e lamentam o sofrimento de Jesus, aqueles que se sacrificavam pelo bem dos demais eram glorificados pelos celtas.

Acho que a partir de hoje vocês verão as decorações de natal de outra forma.

Feliz YULE para todos!

Cato

ICQ – 2927924
:: Cato 4:13 PM [+] ::
...

This page is powered by Blogger. Isn't yours?